Vai & Vem

14/04/2016


O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, acaba de nomear o professor mackenzista Gianpaolo Smanio para o cargo de procurador-geral de Justiça do Ministério Público de São Paulo. Gianpaolo ficou em primeiro lugar na lista tríplice escolhida pelos promotores e procuradores do Ministério Público estadual encaminhada para Alckmin nesta semana.

Com isso, ele passa a ser pelos próximos dois anos o chefe do órgão responsável, dentre outros, por fiscalizar o cumprimento da lei e investigar eventuais irregularidades envolvendo agentes públicos e até políticos paulistas que não possuem prerrogativa de foro no Supremo Tribunal Federal, como vereadores e o próprio governador do Estado.